13 dezembro 2006

Jack, O Estripador - Retrato de um Assassino

Este livro foi o meu primeiro contacto com dois universos não muito distintos: a História de Jack, o Estripador e a intensa escrita de Patricia Cornwell.
Neste livro a galardoada escritora policial mostra-nos a sua teoria sobre quem na realidade foi o demónio que habitava este mundo na pele de Jack. Cornwell distingue-se dos demais escritores pelo seu estilo de escrita cativante e acessível, e os relatos crus das mutilações que Jack praticou nas prostitutas não nos permite fechar o livro.
Mas na verdade o livro é um verdadeiro flop, pois a teoria da autora só se apoia em coincidências e meias-verdades, sendo por isso bem encaixado na prateleira de ficção, se bem que o título em inglês é o seguinte: "Portrait of a Killer - Jack the Ripper - Case Closed" além de ser uma arrogância enorme da autora é brincar com o leitor, pois com uma rápida pesquisa damos noção das lacunas que o livro tem a nível histórico e o porquê de acusar um dos maiores nomes da pintura inglesa sendo o estripador: a necessidade de causar impacto e interesse. Pois se enquanto obra o livro tem uma escrita notável a nível de rigor histórico sofre de graves lacunas não permitindo realmente afirmar quem foi o Estripador.
Aconselho este livro se tiverem a hipótese de ler, pois houve muito esforço intelectual por parte de Cornwell e certamente por parte do leitor, mas se para isso necessitarem de o comprar, garanto que não merece a quantia monetária. Fica-se apenas com um 6 em 10.

2 comentários: