18 dezembro 2005

Loki

Argumento: Robert Rodi
Desenho: Esad Ribic
Edições Devir/ Marvel

Este é o primeiro grande trabalho de Esad Ribic para uma editora norte-americana. Depois de trabalhar apenas nas capas de algumas séries para a Marvel (Wolverine, House of M), Esad faz parceria com Robert Rodi na mini-série Loki, de 4 partes.
"Loki", é na verdade uma estória diferente das outras em que a personagem mais focada é mesmo ele, o meio-irmão de Thor. Aqui passamos a conhecer a verdadeira faceta do Deus da Trepaça e como ele se apodorou, um dia, de Asgard. Mas não passará de mais uma tentativa que poderá simplesmente ir em vão? Tentarão, todos os que ajudaram Loki na sua conquista do poder, virar-se contra ele para obter algo mais do que o sabor da vitória?
Tudo isto é algo que Robert Rodi nos mostra depois de um «estudo exuastivo» desta personagem. Como o próprio indica, esta BD conta-nos a tão conhecida estória entre dois irmãos, filhos de Odin, mas agora na versão de Loki.
No que toca ao desenho, não há palavras para o descrever (também estou a exagerar um pouco). Esad Ribic tem um traço espectacular e é por isso que tenho pena por ele não ter estado presente este ano no FIBDA (talvez para o ano). Assemelha-se muito ao desenho de Alex Ross, sendo muito realista e fazendo com as personagens pareçam estar a "sair" do papel. A pintura também é muito boa. Arrisco-me a dizer que é um dos melhores desenhadores que agora andam por aí, apesar de ainda ter que amadurecer um pouco o seu traço.
Já Robert Rodi tem aqui a sua segundo parceria com Esad tendo trabalhado primeiramente com ele na estreia do desenhador, na série 4 Horsemen, da linha Vertigo/DC. Quer a nível de argumento, quer a nível de enredo, Rodi esmerou-se para criar este conto de deuses míticos. No guião que escreveu e que é mostrado no final desta BD, ele deixa-nos com um gostinho na boca, já que nos apercebemos que isto tudo se trata de um ciclo vicioso.
"Fá-lo-ia de novo... fá-lo-ia tudo de novo... fá-lo-ei tudo de novo".
Sinceramente, o final soube a pouco (fiquei com a impressão de que apertaram um pouco demais o fim). Fiquei sem perceber muito bem o que aconteceu ao Loki e só quando li o guião é que fiquei a perceber.
Espero que a Marvel continue a apostar neste desenhador.

8/10

6 comentários:

  1. O LOKI morreu,mas é um grande livro.
    nota:9/10

    ass
    grimlock

    ResponderEliminar
  2. Eu tbm pensava que ele tinha morrido, mas no guião não diz isso...

    ResponderEliminar
  3. Acho que isso fica sub-entendido.

    ABRACOS
    grimlock

    ResponderEliminar
  4. Bem em primeiro lugar Loki é irmão de Odin e não de Thor. E na mitologia escandinava ele morre no fim, axo k durante a batalha dos deuses onde todos morrem á excepção de dois que serão os fundadores da nova dinastia de deuses. Penso que é assim mas já n me lembro bem...

    ResponderEliminar
  5. Nao, Loki é filho adpotivo de de Odin e filho de um gigante.

    ResponderEliminar
  6. o desenho desse esad é espetacular mesmo! gostei da capa com o thor com seu martelo pronto pra enfiar uma martelada no canalha do loki!

    ResponderEliminar